sábado, 15 de abril de 2017

Presente de Páscoa

Podia-me ter pedido um ovo de chocolate nestas férias mas não. Pediu-me um livro. É raro o Diogo pedir alguma coisa (a não ser um gira-discos). 
Quem não conhece vale apena espreitar, adorei tal como ele. 


E como livros nunca são demais...


Dei-lhe este também. 
Quer que vá ler à escola. 


segunda-feira, 10 de abril de 2017

5 meses




Já tem 5 meses. 5 meses sem nos largarmos. Somos já companheiras e vamos ser pela vida fora. Já não sei viver sem este sorriso maravilhoso que enche o coração. Trouxe-me olheiras, cabelos brancos, dores nas costas... mas que é isso perante tanto amor? Nada.

Sorri muito e para qualquer pessoa. Não estranha ninguém. Gosta que seja eu a dar-lhe a sopa e a papa. Já é curiosa e quer tocar em tudo. Adormece sozinha as 9h30, acorda duas ou três vezes durante a noite. Às vezes desperta de madrugada. De dia adormece ao colo. Gosta de passear. Suga no dedo às vezes. Adora o irmão. Dá gargalhadas quando ele brinca com ela. Segue-o com os olhos para todo lado. Já se quer sentar. Adora estar de pé. Já dá gritinhos .

sábado, 8 de abril de 2017

Segundo período

Fomos à escola. O segundo período já passou (tão rápido?!) e fomos saber como está o Diogo a adaptar-se. 
Percebi de imediato que a professora tem um grande carinho por ele, além dela, desde o primeiro dia houve uma ligação muito forte com a auxiliar, a Emilia. O Diogo é mesmo muito carinhoso, gosta de dar mimos, de dar abraços e beijinhos e quem não gosta de receber?...Derretem-se com ele.
Não gosta de violência nem a consegue compreender sequer. Não acha piada ás lutas que os meninos gostam de brincar e prefere muitas vezes a companhia das meninas que segundo a professora adoram-no. Não gosta de confusões, fica um pouco nervoso, mas tem gosto em fazer, por exemplo, teatro frente a um público, mas logo que termina volta à sua toquinha.
Esta excelente em todos os campos menos no desenho... nisso não sai à mãe.

Preocupa-me o facto dele não me contar nada em casa. Sei pela professora, que às vezes me manda mensagens via Whatsapp as actividades engraçadas que lá fazem, mas dele não sai um pio. Não fala. Mesmo quando algum menino o magoa ele não conta. Preocupa-me. E quero que ele fale... que saiba que eu e o pai somos os melhores amigos dele, em quem ele pode confiar toda a vida.

As vezes olho para ele a dormir e penso: onde está o meu bebé chorão? Já está um menino. Um homenzinho pequenino que quer aprender piano e comprar um gira-discos. É um tesouro. 


domingo, 2 de abril de 2017

Olhó Pin!


Vou ficar tão cutxi cutxi com o meu novo pin da Uma Pitada de Sonhos assim que voltar ao trabalho! 

Descobri a página por acaso e de certeza que não fico por aqui. A Vanessa personaliza não só pins como outras coisas que são muito giras para oferecer! Ah, e é super rápida!

(Atenção que este post não é patrocinado! Eu quando gosto de alguma coisa partilho!)

sábado, 1 de abril de 2017

Virus parte 2!


Desculpem a ausência.

Não têm sido semanas fáceis, os vírus decidiram se instalar.
Primeiro foi o Diogo. Acordou a uma segunda-feira a vomitar e isso é sempre mau sinal. Uma semana em casa doente. Todo tempo dedicado a ele e à irmã.
Depois na semana seguinte foi a Carolina, muita tosse sem conseguir dormir direito durante a noite.  Para concluir, eu. Otite nos dois ouvidos, fiquei sem ouvir em condições e passo a vida a dizer "o quêeeeee?". Diz a minha mãe "pimba, estás sempre a brincar comigo por não ouvir direito, agora sabes como é!", tão mázinha. Nunca tive nenhuma otite e posso afirmar que dói como o raio!!! Xiça!

Espero ter uns últimos dias de licença mais calmos... tenho estado tão, tão exausta que ás vezes não aguento e choro em silêncio. Depois passa. Ufa, ser mãe e mulher é difícil. Mas é a melhor coisa do mundo.Vai-se lá perceber o bicho.


Sim, eu tenho uma tenda no meio da sala. As vezes vemos televisão enroscados lá dentro, outras vezes jogamos, outras vezes lemos, outras vezes só fechamos os olhos e descansamos.